Pesquisa da Gartner mostra que quase metade das decisões tomadas em marketing não são pautadas em dados. E agora?!

Pesquisa da Gartner mostra que quase metade das decisões tomadas em marketing não são pautadas em dados. E agora?!

Inscreva-se

Abordamos dados e análises dentro das empresas.

Receba novos artigos por e-mail


Compartilhe

Uma pesquisa publicada em 25 de Setembro deste ano pela Gartner sobre dados de marketing e analytics, mostra que mais da metade dos CMOs, apesar de priorizarem investimentos na área, se mostram desapontados com os resultados que estão obtendo até então, o que faz com que apenas 54% das decisões do departamento estejam sendo influenciadas por dados.

Sem sombra de dúvidas, a área de marketing é uma das que mais gera dados nas organizações, mas o que tem o potencial de ser um grande recurso para ajudar na tomada de decisão, acaba sendo um peso para os gestores. Entre os principais motivos citados, 32% alegam falta de qualidade nos dados, 28% dizem que suas análises ficam incompletas pois não incorporam diferentes fontes de dados e 27% dizem que analisar dados leva muito tempo.

Segundo os CMOs consultados na pesquisa, o principal motivo que impede o sucesso do seu time de analytics é que a extração e preparação dos dados manualmente demanda muito tempo e 30% atribuem a falta de êxito dos seus times aos dados não estarem integrados. O que é compreensível, pois segundo eles, em torno de 64% do tempo dos seus times de analytics é gasto com integração, formatação e gestão de dados, enquanto o restante do tempo é dividido entre a exploração destes dados para a geração de insights, criação de relatórios e modelagens avançadas, treinamentos, reuniões, entre outros.

Os dados divulgados na pesquisa são alarmantes, mas a boa notícia é que é possível reverter esse quadro seguindo as dicas abaixo:

Invista em automação para a extração de dados

Não é novidade que construir e manter integrações internamente é uma tarefa que consome muito tempo e demanda um alto conhecimento especializado. Não bastasse isso, as APIs das principais ferramentas de marketing são frequentemente atualizadas ou mudam sem aviso prévio, o que causa um transtorno ainda maior. Mesmo assim, sabemos que manter todos os dados da área centralizados em um banco de dados é o primeiro passo para o sucesso de um time de analytics. Ao contar com ferramentas de automação de extração de dados, como a Kondado, você garante que os seus dados estarão sempre atualizados no seu banco analítico, e o que seriam meses de desenvolvimento, viram minutos. A melhor parte é que seu time pode fazer isso sem precisar de conhecimento específico em programação, com apenas alguns cliques.

Modele seus dados previamente e deixe-os prontos para serem consultados a qualquer momento

É muito comum que os times de marketing passem horas, todos os dias, exportando dados para o Excel, fazendo fórmulas e tabelas dinâmicas, para extrair sempre os mesmos indicadores e métricas atualizados. Mas é possível modelar esses dados uma vez só, e deixar que sejam atualizados automaticamente todos os dias, e isso pode ser feito com um pouco de conhecimento em SQL ou usando ferramentas de visualização de dados como Tableau ou PowerBI, por exemplo. Ao criar modelos ou visualizações para as métricas que seu time precisa consultar periodicamente, você elimina completamente o tempo de preparação destes dados, e tem mais tempo para focar na análise deles.

Não pare em marketing

Outro ponto importante para o sucesso do seu time de analytics, é não levar em conta apenas os dados de marketing para a geração de insights, mas sim analisar o funil de vendas completo. Acompanhar o desempenho de suas campanhas ou leads ao longo de todo o funil ajuda a entender quais ações estão de fato convertendo em vendas, e pode trazer conclusões que ajudam a aumentar a conversão ou otimizar custos, que não são possíveis de enxergar olhando apenas o topo do funil. Neste artigo discorremos mais sobre isso.

Deixe os seus dados visíveis e disponíveis

Para construir uma cultura onde se tomem decisões cada vez mais pautadas em dados, é importante que eles façam parte do dia a dia da organização. Para isso, construa dashboards e visualizações e deixe-os disponíveis para todos que precisem consultar esses dados. Reforce ao seu time a necessidade de embasamento quantitativo (alinhado ao conhecimento de área e negócio) para a tomada de decisões e questione os seus dados, até isso acontecer organicamente ao longo de todos os níveis da empresa.

E por fim, invista a maior parte do tempo analisando dados e gerando insights para o negócio

Agora que o esforço gasto com a gestão de dados foi amplamente minimizado, sobrará mais tempo do seu time para análise e geração de valor para o negócio através deles. Invista o tempo também em treinar os seu time não só para interpretar estes dados, mas ir além diagnosticando, prevendo e prescrevendo soluções para possíveis situações.

Fonte da pesquisa: https://www.gartner.com/en/marketing/research/marketing-data-and-analytics-survey-2020

Teste gratuitamente por 14 dias!

Quero Experimentar

Publicado em 2020-10-28