4 desafios da área de BI e dicas para superá-los

4 desafios da área de BI e dicas para superá-los

Inscreva-se

Abordamos dados e análises dentro das empresas.

Receba novos artigos por e-mail


Compartilhe

Ter uma área de Business Intelligence, até pouco tempo atrás, era um luxo que poucas empresas podiam ter. Os obstáculos iam desde o custo, tecnologia, até a falta de profissionais qualificados no mercado. Hoje em dia essa área está passando por um processo de democratização natural, consequência da crescente digitalização das operações das empresas, aumentando assim massivamente a quantidade de dados gerados e o interesse em usá-los para apoiar o processo de decisão das organizações.

O mercado de BI está em crescimento exponencial e com isso constantemente surgem novas tecnologias, o conhecimento necessário está mais acessível e mais pessoas e empresas procuram imergir nesse universo de dados. Mesmo com tudo isso, a área ainda enfrenta os seus desafios:

  1. Dados de má qualidade
    Quanto melhores os seus dados, mais confiáveis eles serão. Garantir a qualidade dos dados pode ser um desafio, principalmente porque em muitos casos o dado fica facilmente desatualizado ou está “sujo” com informações irrelevantes.
    Dica: Garanta que a frequência de suas integrações atenda a frequência com a qual os usuários irão analisar ou visualizar os dados. Higienize o seu banco de dados com frequência, retirando dados sujos (como testes, por exemplo).
  2. Dados descentralizados em diversas ferramentas ou bancos de dados
    Garantir uma análise confiável e completa muitas vezes significa ter que juntar e cruzar dados de diversas fontes diferentes, e essa tarefa pode ser bastante onerosa em questão de tempo e recursos.
    Dica: Crie integrações para centralizar todos os seus dados em um único banco de dados, a partir daí crie modelos que façam transformações para normalizar e cruzar dados de diferentes fontes, assim quando precisar fazer uma análise seus dados já estarão prontos para serem consultados.
  3. Falta de adoção por outras áreas
    Às vezes por falta de conhecimento técnico ou acesso, outras áreas da empresa se tornam resistentes em adotar uma cultura de dados e começar a, de fato, usá-los no processo de tomada de decisão.
    Dica: Abandone planilhas e tabelas dinâmicas e passe a apresentar os dados de forma intuitiva usando dashboards. Além de facilitar a compreensão, os dados estarão sempre atualizados e acessíveis para quem mais precisa consultá-los para tomar decisões no dia-a-dia. Não esqueça também de treinar os usuários para utilizar essa ferramenta.
  4. Custo de implementação e manutenção
    Quando falamos de “custo”, isso envolve o custo de tempo também. Definir uma estratégia de BI, manter um banco de dados, criar integrações de diversas fontes diferentes e ainda modelar e analisar dados é algo que exige conhecimento, uma equipe, tempo e recursos financeiros.
    Dica: Hoje em dia, existem diversas ferramentas que ajudam nos processos tanto de back-end como front-end de BI, e o custo dessas ferramentas está cada dia mais acessível. Plataformas para criação de integrações e modelagem de dados e ferramentas de dashboards intuitivas fazem com que você gaste menos tempo com a engenharia e foque em gerar valor para sua organização através dos seus dados.

Como a Kondado pode ajudar

A Kondado nasceu justamente com o objetivo de ajudar as empresas a superar esses desafios. Nossa plataforma de integração e modelagem de dados possibilita a criação de integrações com apenas poucos cliques e sem necessidade de programação. São mais de 70 fontes de dados já pré construídas, prontas para serem usadas. Você pode configurar suas integrações para levar os dados que você desejar, na frequência que melhor atender à sua necessidade. Além disso, dentro da nossa plataforma, você consegue criar modelos para transformar os seus dados e cruzá-los com outras fontes, deixando-os prontos para serem consultados.
Quer conhecer mais? Clique abaixo e faça o seu teste grátis!

Teste gratuitamente por 14 dias!

Quero Experimentar

Publicado em 2020-09-29