Home office e gestão data driven: qual a relação? Entenda a importância!

Home office e gestão data driven: qual a relação? Entenda a importância!

Inscreva-se

Abordamos dados e análises dentro das empresas.

Receba novos artigos por e-mail


Compartilhe

A pandemia transformou a realidade das pessoas, empresas e sociedade como um todo. Neste contexto, as empresas, por exemplo, precisaram se adaptar e realizar o chamado home office para manter seus trabalhadores seguros, cumprindo o isolamento social e dando também continuidade às tarefas laborais, e onde a gestão data driven entra ai?

Bom, o home office certamente foi um dos grandes desafios, afinal, tudo era novo: não havia interação social direta e dúvidas corriqueiras que antes eram sanadas visitando a sala ao lado, demandaram e-mails ou outros métodos de comunicação entre os colaboradores.

As dificuldades foram além: muitas empresas não tinham seus dados organizados e acessíveis. Como resultado disso, informações importantes presentes em determinado setor, escritório ou firma tornaram-se mais difíceis de encontrar.

Esse é um aspecto muito importante e que revela um despreparo de muitas instituições, visto que mesmo após a pandemia, a tendência é que o home office se mantenha. 

Por isso, a gestão data driven e esse novo modelo de trabalho têm muito mais a ver um com o outro do que é possível imaginar.

Visando explicar a importância do home office e a gestão data driven, neste artigo é possível entender a relação entre eles. 

Portanto, não deixe de conferir este texto, boa leitura!

Gestão data driven: o que é?

A aceleração do mercado, informações e tecnologias não para de aumentar, o que torna os ramos de trabalho muito mais competitivos. Com isso, é possível visualizar cada vez mais ações assertivas, inovadoras e focadas em resultados.

Um grande diferencial para essa assertividade na tomada de decisões tem relação com o uso das informações e dados corretos no processo decisório.

Essa medida chama-se gestão data driven, que é uma gestão orientada por dados, ou seja, um planejamento totalmente embasado. Assim, instituições que fazem gestão data driven utilizam estatísticas certas para orientar escolhas mais positivas dentro da organização.

Como resultado, as medidas implementadas sobre os indicadores tendem a ser muito mais eficazes do que ações sem planejamento ou sem estudar o que realmente requer alteração.

Além disso, a gestão data driven tem se tornado ainda mais importante para criar uma espécie de “versão unificada da verdade”. Dessa maneira, ela pode ajudar também no acompanhamento estratégico, tático e operacional das áreas de uma empresa de modo centralizado.

De que maneira esses dois fatores se relacionam?

Como visto, o trabalho remoto é um processo advindo da pandemia, mas que provavelmente não irá embora com ela. 

Na realidade, a Covid-19 apenas acelerou um aspecto que estava previsto para acontecer devido à propagação acelerada da tecnologia, suas otimizações e diminuição de custos.

Isto é, com a possibilidade de reduzir gastos com aluguéis, internet, energia através do home office ou atuação híbrida de colaboradores, é de se esperar que empresas busquem essas medidas.

Portanto, se a falta de acesso ou limitação às informações durante o trabalho remoto ainda é um problema para certas empresas, é preciso resolvê-lo. Tanto para permitir o home office quanto para manter a qualidade das ações.

Nesse sentido, é possível relacionar a gestão data driven em home office. Afinal, seja a atuação no escritório ou em gestão home office, existe a necessidade de realizar a supervisão de desempenho e métricas da empresa.

Assim, líderes, gestores e entre outros membros tomadores de decisão conseguem ter uma visualização melhor das condições da empresa para definir determinada ação. 

Desse modo, é necessário que indicadores de produtividade, people analytics e entre outros dados pertinentes estejam acessíveis em qualquer lugar. 

Por que é importante pensar a gestão data driven no home office?

A gestão data driven no home office trata-se de algo primordial para a existência de toda e qualquer empresa: adaptações. Esse tipo de gestão é importante para cada escolha que se toma dentro da organização e por isso é fundamental utilizá-lo independentemente do modelo de trabalho.

No caso do home office, o reforço se dá pela necessidade de líderes monitorarem o desenvolvimento e execução do próprio grupo de colaboradores. 

Ou seja, a gestão de equipe home office, que é escassa de acompanhamento presencial, os indicadores a facilitam. Sejam eles KPI’s, indicadores de processos ou até mesmo indicadores personalizados de gestão de pessoas em home office.

Por essas razões, a gestão de equipe home office se relaciona com data driven, já que ambas possibilitam o acompanhamento de performance dos funcionários. O que, por consequência, permite que gestores detenham mais controle e domínio sobre o que melhorar, o que manter nos processos e equipes, etc.

O que é importante para uma gestão data driven em home office?

Com a perda de contato com os próprios colaboradores, os cargos de chefia tendem a ficar perdidos se eles não detiverem, minimamente, os dados atualizados. Ou seja, é preciso ocorrer uma troca real entre informações presenciais e apresentação de indicadores e dados informativos.

Só assim é possível manter a supervisão correta sobre o andamento de uma organização, dos colaboradores e dos processos da mesma.

Para isso, é indispensável que as empresas operem com a integração de dados, centralizando as próprias informações e conteúdos, deixando todos atualizados e a par dos indicadores da instituição.

E muito embora isso possa parecer novo, a Kondado, por exemplo, já detém uma extensa experiência em manter dados reunidos, atualizados e  bem guardados.

De maneira segura e preservando as informações dos clientes, a plataforma foi criada para dar agilidade e autonomia na integração, modelagem e documentação de dados. 

As atualizações são rápidas e nela há mais de 70 conectores diferentes, o que permite que cada empresa possa configurá-la como preferir! 

Tudo isso com a confiança de uma empresa com credibilidade e que apenas faz a ponte entre os dados analíticos de uma empresa e as ferramentas da mesma.

Portanto, se você chegou ao final dessa leitura e entendeu não apenas a relação entre home office e gestão de data driven, mas também a importância disso, não perca tempo!

Crie uma conta com período de teste gratuito de 14 dias na plataforma Kondado e otimize seus processos deixando a sua empresa pronta para qualquer situação!

Teste gratuitamente por 14 dias!

Quero Experimentar

Publicado em 2021-09-08