Bê-á-bá do SQL: Estrutura do SELECT

Bê-á-bá do SQL: Estrutura do SELECT

Inscreva-se

Abordamos dados e análises dentro das empresas.

Receba novos artigos por e-mail


Compartilhe

Material de apoio:
1. Antes de iniciar esse tutorial, acesse a introdução da série de tutoriais clicando aqui, siga o passo a passo para usar a nossa plataforma interativa de SQL e pratique em tempo real
2. Participe do nosso canal do slack, onde você poderá tirar dúvidas sobre os tutoriais e também acessar conteúdo exclusivo do universo de dados, clicando aqui

Uma base de dados contém várias tabelas de dados diferentes, e o primeiro comando importante para começar a extrair dados dessas tabelas é o SELECT.

Toda query que inicia com o comando SELECT, extrai dados das tabelas e forma uma nova tabela mostrando os resultados dessa query. A sintaxe básica do SELECT é a seguinte:

SELECT coluna1, coluna2, coluna3
FROM nome_tabela

Na primeira linha da query acima, estamos selecionando as colunas da tabela de origem que deverão aparecer na tabela de resultado do SELECT. Já na segunda linha, após o comando FROM é especificado o nome da tabela da qual desejamos extrair os dados.

Os comandos SELECT e FROM são essenciais para iniciar a sua query, porém existem outros comandos que podem aparecer nela, e que explicaremos com mais detalhamento nos próximos tutoriais.

Uma query iniciando com SELECT deve seguir a seguinte ordem de comandos:

Para entender as operações básicas que podem ser feitas em um SELECT, vamos considerar a tabela “pessoas” da nossa base de dados de exemplo:

Para selecionar todas as colunas

SELECT * 
FROM pessoas

Ao usar o asterisco após o comando SELECT, a tabela com o resultado da query irá automaticamente retornar todas as colunas que existem na tabela de origem:

Para selecionar colunas específicas

SELECT id, nome, idade
FROM pessoas

Ao especificar os nomes das colunas após o comando SELECT, somente as colunas mencionadas irão aparecer na tabela de resultado final da query:

Para definir um alias de coluna

SELECT nome AS pessoa
FROM pessoas

Ao usar o “AS” é possível designar um novo nome à coluna selecionada, no exemplo a coluna “nome” na tabela de resultado da query passará a se chamar “pessoa”:

Para eliminar linhas duplicadas

SELECT DISTINCT nome
FROM pessoas

Ao usar o comando DISTINCT logo após o SELECT, são eliminadas as duplicatas das colunas especificadas após o comando. Este comando afeta todas as colunas selecionadas.

Para concatenar valores

SELECT nome || ', ' || sexo AS nome_sexo
FROM pessoas

Ao utilizar o operador “||” é possível juntar duas colunas do tipo caractere (varchar ou char) em uma única coluna, isso também é possível utilizando a função CONCAT( ) em alguns tipos de bases de dados:

Para fazer operações matemáticas

SELECT nome, (idade / 2) + 5 AS operacao_matematica
FROM pessoas 

O SELECT permite que os valores das colunas sejam modificados através de operações aritméticas como multiplicações ( * ), somas ( + ), divisões ( / ) e subtrações ( – ). O exemplo acima faz uma operação de divisão e soma na coluna “idade”:

Se o valor de alguma coluna usada em uma expressão matemática for nulo, o resultado também será nulo, porém se for feita uma divisão por zero, a query resultará em erro.

Para testar a plataforma Kondado gratuitamente por 14 dias, basta clicar no link abaixo:

Teste gratuitamente por 14 dias!

Quero Experimentar

Publicado em 2020-11-04